4 de mar de 2007

D-Link DLS-500G Generation II x utorrent


Uso o utorrent (v. 1.6.1) para baixar arquivos da rede p2p, ocorre que sempre tenho uma taxa de transferência muito baixa em relação a velocidade da minha conexão.
Hoje resolvi pesquisar soluções na web, mas não encontrei nada satisfatório.
Resolvi, então, visitar o site de suporte da D-Link e qual a surpresa: em 30 de janeiro desse ano eles lançaram uma atualização de firmware para o modem DSL-500G Geração II.
Fiz a atualização e já estou conseguindo baixar arquivos com uma velocidade quase 10x maior que antes.
Ainda o uso simultâneo de conexões http e upnp gera alguma lentidão no primeiro, mas o sistema agora é usável, pois antigamente as conexões pelas portas 80 e 8080 ficavam horríveis.
Para solucionar o problema, recomendo o uso limitado de downloads e uploads durante o horário que se navega pela web e ilimitado para os intervalos ociosos (no qual somente se realizará o compartilhamento de arquivos). O utorrent inclusive tem um recurso de agendamento que facilita o controle do tráfego nessas situações.
Fica a dica para quem tem o D-Link 500G-II e faz uso de redes p2p.

--- editado em 19 de março de 2007 ---

Mesmo com o upgrade acima mencionado continuei tendo alguns problemas, em especial dois: (1) a velocidade de download havia aumentado, mas aconteciam quedas bruscas e (aparentemente) imotivadas de velocidade; (2) a navegabilidade pela web enquanto executava os downloads havia melhorado um pouco mas continuava bastante complicada.
Então, para resolver esses problemas considerei a hipótese de estar tudo certo com o modem e a falha estar na configuração do utorrent.
Lendo as informações vi que eles recomendavam uma correção no arquivo tcpip.sys, que pode ser realizada com o uso desse programa LvlLord's EventID 4226 Patcher. O programa não da Micro$oft, então após a instalação o sistema vai alertar a modificação e perguntar se deve restaurar a versão anterior. A resposta é não, afinal estamos tentanto modificar o arquivo!
O segundo passo foi configurar o utorrent. Assim, na janela de Preferências do programa lance as seguintes informações:

1) Na opção Conexão deixei limitada a taxa de upload em 70% do máximo que tenho disponível aqui.


2) Na opção BitTorrent, coloquei o número máximo de conexões em 60, número máximo de peers em 25 e número de slots por torrent 4 e desabilitei a Rede DHT.


3) Por fim, limitei a 2 o máximo de downloads simultâneos e, depois disso, venho baixando direto entre 25~31 KB/s, usando praticamente toda a largura da rede.

O único óbice, ainda, é a navegação pela web quando dois arquivos estão sendo simultaneamente baixados que ainda fica meio instável (mas bem melhor que antes).
Com somente um arquivo sendo baixado o uso da rede (torrent + http) fica muito bom.
Assim, fica emendada a dica anterior para otimizar o uso das redes de torrent com o D-Link 500G.

2 comentários:

Anônimo disse...

Fiquei até admriado em ver que um site de Advogados está ensinando como adquirir conteúdo não autorizado pela rede p2p,

Bruno disse...

Caro Anônimo,
Redes p2p não são ilegais e o post é uma simples ajuda para configurar o modem e o programa.
É claro que o usuário deve se certificar sobre o conteúdo que pretende acessar, especialmente se é, ou não, protegido por copyright.
No entanto, há muito material copyleft ou GPL disponível em redes p2p, sugiro a busca por eles.
Obrigado pelo comentário.