20 de abr de 2007

Mergulhando em definitivo no mundo virtual

Já fazia algum tempo que pretendia registrar um domínio e montar um site destinado a promover o meu trabalho. Contudo o custo era alto, pois não bastava o registro do domínio, mas era necessário arcar com o custo de algum plano de hospedagem o que inviabilizava a idéia.
Mas isso mudou. A revista info de abril veio com uma reportagem sobre o pacote Google Apps e, fuçando um pouco mais, descobri que valia a pena tentar.
A primeira parte da jornada era registrar um domínio. Profissionais liberais, como advogados, não costumam estar inscritos no CNPJ e sem cadastro de pessoa jurídica não é possível registrar um domínio .com.br. Os domínios .adv.br, .art.br e outros para pessoas físiscas são tão úteis quanto não ter um domínio, pois grande parte dos usuários desconhecem a existência de domínios diferentes que .com, .org e .gov.
Assim, navegando pela web achei os serviços do Nomer, lá, por aproximadamente R$ 30,00/ano, é possível registrar um domínio .com, .net ou .org (sem o .br). Pesquisando por outras alternativas encontrei a oferta da Locaweb. Nesse serviço de registro de domínio e hospedagem foi possível registrar um endereço .com por R$ 15,00/ano. Foi o melhor preço e, por conseqüência, foi o eleito.
Registrado o domínio, chegou a vez do Google Apps. Para usar o serviço basta se cadastrar no site e aguardar o retorno deles. No meu caso a mensagem chegou logo em seguida e, usando as instruções fornecidas pelo Google, foi possível disponibilizar os principais recursos que queria em minutos.
Em síntese, o serviço ainda é beta e apresenta muitos bugs. Mas ter um gMail com a extensão do seu domínio (nome@domínio.com), página inicial, agenda e leitor/editor de documentos e planilhas a custo zero vale muito a pena.
Fica a sugestão!

Nenhum comentário: